Rapá, é tenso como as coisas são… Veja só a situação:

Após uma noite indiscritivel na faculdade (tentativas de renovar matricula em vão), aulas deveras cansativas e tudo mais, faço o retorno para casa e aproveito e cedo uma carona para minha prima e sua vizinha, bom, blz, vou batendo um papo e colocando o assunto em dia! Eis que em frente ao famigerado Bar do Zé, me aparece um motoqueiro do nada, um tanto apressado e em plena curva, nao consegue frear, derrapa na areia e pimba… vai pra baixo do meu carro… show neh? é foda, depois de pensar que o maluco estava debaixo do veiculo, o cara se levanta e meio desnorteado tenta levantar a moto, saio do carro, vejo se esta tudo em ordem e ajudo o sujeito, por muuuita sorte, nada aconteceu com meu carro, e mais ainda sorte dele, apesar dos prejuizos com a moto, soh sofreu um pequeno arranhao na mao, ao que parecia…

Agora que vem o caso, depois de uma semana de aproximadamente 3 acidentes fatais com motociclistas, o povo ainda anda meio que “viajando” de moto pelas ruas, provavelmente crendo que nada disso acontecerá com o mesmo, pois é, quando acontece, nao tem mais como se pensar nisso! pelo menos eu creio que nao!

É isso galera, consciencia no transito ajuda pra caralho!

Vejamos onde isso pode levar… grande abraço!