O dia-a-dia é deveras intrigante. Há tantas coisas que gostaríamos de fazer que acabam ficando pelo caminho, seja por falta de tempo, dinheiro, vontade ou mesmo esquecimento, que, quando nos damos conta, tentamos resgatar aquelas que consideramos mais importantes!

O ano de 2010, no meu caso, não posso considerar totalmente perdido, mas tenho certeza de que poderia ter sido bem melhor caso eu tivesse me esforçado mais. Os planos de estudo, exercícios, aquisições, foram todos adiados e muito pouca coisa foi concretizada! Mesmo assim, as novas amizades, o crescimento do escritório e as mudanças que melhoraram a vida das pessoas queridas que me cercam, me transmitem a sensação de que o saldo foi positivo!

O apartamento onde moramos, está bem mais “organizado” e confortável. As aquisições que fizemos, principalmente a TV, o Xbox360 e a geladeira um pouco maior do que a anterior, foram eleitas as contratações do ano! rsrsrs (só falta a TV a cabo com o carioca e o brasileirão, mas aí teremos que aumentar o tamanho da geladeira!)😛

A principal meta para este ano é a aquisição do meu próprio apartamento e enfim sair do maldito aluguel que atrapalha imensamente minha vida!

O inicio de 2011 veio com pretensões de muito mais trabalho e, espero, mais grana para realizar os desejos não concretizados do ano que passou! A academia já está providenciada, viagens marcadas e outras coisas também estão encaminhadas!

Tenho fé de que este ano será melhor do que o anterior e de que não haverão muitas surpresas desgostosas!

Paz galera, feliz 2011, ou que pelo menos, seja promissor!

É fato conhecido, por mim e pelos mais próximos, que eu não tenho me cuidado como deveria. A preguiça tem me perseguido insistentemente e me agarro a ela muito mais facilmente nestes últimos tempos e sei que isto deve mudar, o mais rápido possível.

Apesar de saber que essas promessas também vem me seguindo com incansável frequência há muito tempo (e nunca me alcançam para que possa cumprí-las), vou sim, começar a frequentar uma academia e modificar alguns hábitos alimentares para a recuperação de alguns problemas que descobri em uma última visita a um médico, coisa que não fazia há muitos anos. (a cerveja não irá embora por completo, isso também é um fato).

Acho que algumas reviravoltas sofridas nestes dois meses, me influenciaram na decisão de cuidar mais de minha pessoa. Tenho lido mais, visto menos televisão e conhecendo novas pessoas. Procuro frequentar mais lugares com amigos que não tinha mais contato, sem perder de vista os amigos mais presentes e, quando é possível, visitar alguns lugares que não conheço ou que não vou há anos.

Tenho um defeito que é a preocupação exagerada com as pessoas que estão ao meu redor, sei que essa preocupação não é um defeito em si, mas em demasiado, como tudo, é bem prejudicial principalmente a mim mesmo. Já tem um tempo que olho para estas situações e fico a imaginar um meio de ajudá-las (pessoas) sem precisar consumir tanto de mim ou de me abdicar das coisas que seriam melhor se fossem feitas para mim mesmo.

Isso vai demandar tempo, investimento, paciência, mas chego lá. Claro que não deixarei e jamais os amigos de lado e virarei um egoísta de mão cheia, pois está nunca foi ou será minha filosofia. Quem precisar de mim pode chegar, o que puder ser feito, será…

Amigos, um grande abraço! Obrigado pelas visitas!

Invariavelmente o tempo se despede de nós com uma pressa cada vez maior.

Em setembro 2008 eu escrevi meu último texto, oficialmente falando, e larguei de lado meu blog. Desde lá muitas coisas aconteceram, entre elas, duas mudanças de apartamento, amigos importantes que acabei por fazer, amigos importantes que se casaram e deram um novo rumo para suas vidas, amigos importantes se foram para outra vida (espero, com toda fé e força, que para eles esta nova vida seja formidável e infinitamente melhor, pois todos, sem excessão, merecem). Também houveram parentes se foram, com ênfase maior para minha avó materna que se despediu neste inicio de ano, me deixando agora completamente órfão desta classe mais que honorável de mãe/pai.Viagens ocorreram, festas inesquecíveis, formaturas, shows e loucuras dignas de serem deixadas como legado para meus descendentes (com algumas ressalvas claro).

Neste meio tempo também conheci uma pessoa muito especial com a qual passei um tempo ao seu lado (tempo esse bastante curto em meu entendimento) que me fez bastante feliz, certas vezes um tanto quanto ansioso, outras um pouco irritado, mas em sua grande maioria foram alguns meses de muita paz, alegria e dedicação. Fiz belos novos amigos enquanto com esta estive, fato que agradecerei sempre a ela. Lamentei nosso afastamento, mas é como dizem, nem tudo é para sempre e há de durar enquanto tiver de ser…

Agora, volto aos tempos de pseudo escritor, aos barzinhos, jogos de futebol (falando como espectador, ser jogador nunca foi meu forte), minhas leituras, dentre outras coisas que nos distraem quando estamos sós.

Crendo que o tempo cada vez mais rápido se esvai, não tomarei muito o de vocês, portanto… Vivam pessoal, aproveitem, amem, festejem e façam viagens sempre que for possível e, sendo possível, me convidem…

Abraços a todos.

Boas noites…

Tenho estado um tanto quanto desanimado com a Internet em geral. Nestes últimos tempos, meus acessos têm sido apenas para procurar ofertas e coisas que precisamos aqui para o novo ap, visto que, muitas das coisas que usávamos foram devolvidas para seu antigo dono. Resolvemos então tomar vergonha na cara e adquirir nossos próprios móveis, além de arrumar uma internet decente e uma tv a cabo. Maravilha, continuo sem o mínimo ânimo para navegar e os poucos canais que são liberados, não aproveito muito, rsrsrsrs.

O jeito é ler, então, já se foram dois livros em pouco mais de um mês (obs. quem tiver algo interessante para emprestar agradeço, senão terei de reler meus antigos mesmo).

Voltando ao assunto, há poucos minutos resolvi acessar o Twitter e acabei por reativar uma conta antiga que já tinha por lá. Como no início não entendia nada desta tão famigerada página da net (e continuo praticamente na mesma), abandonei. Mas agora, do nada me pareceu muito interessante e creio que isto me dará novos ares, principalmente para retomar de vez este tão esquecido blog, que tenho deixado tanto de lado.

Quanto ao pessoal que antigamente por aqui vagava eu espero reencontrar e, com sorte, conseguir novos amigos que partilham suas palavras e pensamentos.

Então por agora termino, vou ganhando força para continuar… “Deixe estar que o que for para ser, vigora…”

Abraço a todos.

Boa tarde, caríssimos…

Retorno “novamente” e, desta vez, pretendo seguir preenchendo este abandonado blog com algumas novidades e histórias destes meses a fio sem uma unica linha digitada.

Não tenho certeza do que devo contar em primeiro lugar, foram algumas mudanças expressivas desde meu ultimo post que com certeza compartilharei como os amigos que aqui consegui encontrar, e sei que, muitos deles estão com novos blogs, alguns se despediram e outros ainda aqui se mantém, escrevendo belos textos onde, muitas vezes, encontro histórias engraçadas e peculiares.

Vou iniciar meu recomeço atualizando alguns links dos blogs e já volto para compartilhar alguns textos…

Grande abraço a todos, é um prazer estar de volta!

Retornarei aos afazeres bloguisticos dentro em breve, tentarei tirar um tempo no final de semana para postar algo, coisa que não faço desde setembro passado!

 

Abraços a todos!

“Carpe diem. Aproveitem o dia, meninos. Façam de suas vidas uma coisa extraordinária”. Depois de ver novamente o filme “Sociedade dos Poetas Mortos”, essa frase ficou bem gravada em minha mente, provavelmente por que tenho passado dias bem tranquilos, não pela falta de trabalho ou estudo, pois o ritmo de ambos anda bem elevado, mas creio que tenho levado as coisas de um modo um pouco menos radical, dando atenção apenas suficiente para que se resolvam e não dando importancia demais aos problemas, a ponto de que eles tomem conta do meu dia, tornando-o possivelmente estressante.

Pois bem, noites em claro apenas para as baladas, papos e programas interessantes, nada de perder noites pensando no que poderia ter feito ou dito, além do que, meu juízo parece que se perdeu em algum lugar pelo caminho, ou melhor, acho que se esconde de mim e tenta me dar sustos e pregar peças quando me distraio demais, chega a ser até engraçado, ando falando coisas demais e volta e meia solto algumas bombas em quem merece ouví-las. :P

Tenho tratado de aproveitar as coisas que temos à disposição e que não vinha dando muita importância, como a praia, já que agora vivo numa cidade litoranea e só havia me atinado para isso com a devida profundidade há poucas semanas, então, quando o tempo me permite, junto com meu irmão, apareço pela orla e fico lá, tomando um sol, uma cerva (quando o dindin também permite) e jogando conversa fora.

É isso… procurando me dar bem com as coisas pequenas até conseguir alcançar as coisas grandes que a vida um dia, vai me proporcionar.

 

Um pequeno pormenor, infelizmente estou sem net em casa e em meu trabalho as vezes não consigo acessar os blogs de alguns amigos queridos, pois o navegador os bloqueia dependendo do seu humor, liberando apenas alguns. Portanto, não os tenho visitado por isso, o que me deixa entristecido, já que os textos de todos vocês ajudam bastante no dia-a-dia. Abraços a todos!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.